Procedimentos

Nesta seção, você encontrará a descrição dos principais procedimentos relativos à Oculoplástica.

Próteses Oculares

A implantação de uma prótese ocular é quase sempre recomendada após um olho ser removido cirurgicamente devido a lesão ou doença, como glaucoma, infecção dentro do olho e tumores oculares.



Por que é recomendada uma prótese ocular?



A prótese ocular melhora a aparência da pessoa. Para a maioria das pessoas usar uma prótese é preferível a usar um tapa-olho.



Se o olho inteiro é removido, um implante de prótese ocular vai impedir que os tecidos na órbita do olho cresçam para preencher o espaço vazio.



A prótese ocular não pode restaurar a visão. Após a remoção do olho natural e colocação de uma prótese ocular, a pessoa não terá visão nesse olho.



Como é feita a prótese ocular?



A prótese ocular se encaixa sobre um implante ocular. O implante ocular é um dispositivo separado, duro e arredondado, que é cirurgicamente e permanentemente incorporado na cavidade ocular.



Um implante ocular é frequentemente envolvido com tecido vivo ou enchimento sintético antes da colocação.



A remoção de um olho geralmente é realizada sob anestesia local. A anestesia geral normalmente não é necessária, mas é uma opção.



A órbita ocular é mantida coberta e pode demorar alguns meses para cicatrizar totalmente.

Toxina Botulínica

Dependendo da sua genética, linhas de expressão podem aparecer na face muito cedo. Se você está propensa a desenvolver estas linhas que levam a rugas, avalie o uso de toxina botulínica como medida preventiva.



A toxina botulínica reduz a atividade dos músculos que provocam as rugas, por isso é indicada para reduzir linhas de expressão entre as sobrancelhas, pés de galinha (linhas que se espalham a partir dos cantos dos olhos) e sulcos da testa (as linhas horizontais que se formam quando você levanta as sobrancelhas).



Pequenas injeções são aplicadas com precisão em pontos específicos, bloqueando o impulso nervoso e impedindo o músculo de se contrair e formar rugas. Outras funções do nervo como sensações e tato não são afetadas.



Os efeitos se tornam visíveis em 3 a 5 dias, com a duração de cerca de 3 a 6 meses.

Blefaroplastia

A cirurgia cosmética da pálpebra (blefaroplastia) é o processo de retirar a pele que está sobrando nas pálpebras superiores e inferiores, proporcionando uma aparência mais jovem. Se a flacidez da pele obstrui a visão periférica, a blefaroplastia pode eliminar a obstrução e expandir o campo visual.



A maioria dos pacientes vai parecer mais jovem e mais descansado após uma cirurgia das pálpebras.



Quem faz cirurgias na pálpebra pode assistir TV um ou dois dias após a cirurgia, ler e trabalhar em computador em três a quatro dias. Os pacientes geralmente voltam ao trabalho de sete a dez dias após a cirurgia e podem retomar treinos atléticos duas semanas após a cirurgia.



Pacientes que não precisam mais de óculos após uma cirurgia corretiva da visão ou adotaram lentes de contato muitas vezes descobrem que as bolsas de gordura na pálpebra, até então escondidos pelos óculos, agora aparecem mais acentuados.



Na blefaroplastia o excesso de pele, músculo e/ou a gordura são removidos da pálpebra superior através de uma incisão, que fica escondida na dobra da pálpebra.





A gordura da pálpebra inferior também pode ser removida, neste caso a marca da cirurgia fica escondida na superfície interna da pálpebra.



Alguns pacientes podem se beneficiar da transferência da gordura retirada da pálpebra para áreas de depressão ao redor dos olhos, elevação cirúrgica de suas bochechas, testa, sobrancelhas ou redução de almofadas de gordura.



O Dr. Henrique Kikuta vai discutir com você, além da blefaroplastia tradicional, técnicas cirúrgicas que podem melhorar a sua aparência.

Cirurgias em pacientes orientais

Ocidentalização da pálpebra

Como alguns orientais não possuem a dobra palpebral bem definida, se tornou popular a cirurgia que cria um vinco na pálpebra superior.



O perigo é formar um vinco que é demasiado elevado, ou remover em excesso pele, músculos e gordura, descaracterizando a etnia.



Como a anatomia da pálpebra superior nos orientais é diferente dos ocidentais, o índice de sucesso de qualquer cirurgia nesta região está diretamente ligado à experiência do cirurgião.



Em sua consulta, o Dr. Henrique Kikuta irá considerar qualquer vinco pré-existente ou dobra, a quantidade de pele em suas pálpebras superiores, a posição de suas sobrancelhas, o equilíbrio do seu rosto e os seus sentimentos sobre o que tornaria os seus olhos mais atraentes.



Bolsas de gordura



As bolsas de gordura na pálpebras inferiores ocorrem em todas as etnias, mas em orientais é comum com a idade estas se tornarem gradativamente mais salientes.



A cirurgia da pálpebra inferior para retirada destas bolsas pode ser realizada sem incisões visíveis.



LASER

O laser altera a forma da córnea, que é a cobertura transparente da parte frontal do olho, corrigindo o foco e proporcionando uma visão mais clara, sem óculos ou lentes de contato.



Na maioria dos casos, a cirurgia com laser é concluída em 15 minutos, sem dor, com melhor visão em menos de 24 horas.



Contamos com os mais modernos equipamentos LASIK.



Outras cirurgias de correção de visão estão disponíveis, como o PRK, LASEK e Phakic (lente intraocular).

Cirurgias reconstrutivas

Nos países desenvolvidos a principal causa de trauma facial são acidentes de veículo, mas este mecanismo tem sido substituído por violência interpessoal;



Nos países subdesenvolvidos, uma das principais causas desse traumatismo se encontra nos acidentes de trabalho. Outras causas de trauma facial incluem quedas e lesões esportivas.



Há uma ampla variedade de causas, tanto médicas quanto estéticas, que podem levar à necessidade de cirurgia ocular reconstrutiva.



Essas operações são realizadas mais comumente para tratar problemas que envolvem o sistema de drenagem lacrimal, tumores e traumas das pálpebras, face e órbita, assim como problemas na pálpebra e na órbita provocadas por doenças da tiróide, obesidade e diabetes.