Oculoplástica

  • Imprimir

cirurgia da pálpebraOculoplástica é a área da oftalmologia que cuida das pálpebras, órbitas e vias lacrimais.

A Oculoplástica engloba também tratamentos de rejuvenescimento facial, como blefaroplastia, aplicações de toxina botulínica do tipo A e preenchimentos.

O domínio que o cirurgião oculoplástico possui sobre a complexa anatomia das pálpebras e sua relação íntima com os olhos, a familiaridade com o globo ocular e estruturas associadas são essenciais para uma cirurgia cosmética ou reconstrutiva correta e segura.

As pálpebras têm o dever de manter a lubrificação adequada dos olhos, protegê-los de traumas, objetos estranhos e desempenham um papel importante na expressão facial. As pálpebras não só nos ajudam a ver o mundo exterior, mas também são elementos fundamentais na forma como o mundo nos vê.

Com o passar do tempo as pálpebras perdem algumas de suas propriedades, como pressão e força, enquanto que a pele ao redor dos olhos fica enrugada e perde a sua firmeza. Estas mudanças naturais não apenas envelhecem a expressão de nossos olhos, mas podem interferir com o bom funcionamento da visão.

Os olhos são o ponto focal do rosto, as "janelas da alma" e o primeiro lugar a mostrar sinais de envelhecimento. Seus olhos podem fazer as pessoas achar que você está sempre com sono, cansado ou mesmo doente, quando na realidade o problema está nas pálpebras, que com o passar dos anos ficaram mais pesadas. pálpebras pesadas

A queda de uma ou das duas pálpebras, conhecida por ptose palpebral adquirida pode ser causada por miastenia grave, lesão do nervo oculomotor e lesão da inervação simpática. A ptose também pode ser congênita e dependendo da sua gravidade pode prejudicar a visão da criança e a sua auto-imagem.

A cirurgia plástica estética e reconstrutiva das pálpebras, órbita e do rosto é uma área de atuação que exige uma longa experiência, porque além de altamente complexa sempre será individualizada, em função da idade, genética e origem dos pacientes, experiência que o Dr. Henrique Kikuta vem acumulando há mais de três décadas.